Arraiá do Centro de Convivência Portal das Artes – Venha pra Festança!
25 de junho de 2018
Processo 29/2018
29 de junho de 2018

ARMAZÉM DAS OFICINAS, DO CÂNDIDO FERREIRA, PRESENTEIA CAMPINAS COM UM NOVO PROJETO GASTRONÔMICO.

Campinas ganhará a partir do dia 4 de julho um projeto gastronômico diferenciado, que promoverá a união entre quatro destacados chefs de cozinha da cidade e o Armazém das Oficinas, marca dos produtos e serviços oferecidos pelo Núcleo de Oficinas e Trabalho do Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira, localizado no distrito de Sousas. A parceria, única no modelo proposto, oferecerá ao público aulas de culinária seguidas de degustação e promoverá feiras gastronômicas com ênfase em produtos naturais e artesanais. Os eventos servirão a três propósitos: divulgar o trabalho desenvolvido pelo Armazém das Oficinas, qualificar os assistidos pelo Cândido Ferreira interessados em trabalhar na cozinha e arrecadar recursos que contribuam para a manutenção das atividades oferecidas pelas oficinas da instituição.

Batizado de Nossa Cozinha, o projeto foi idealizado pelos chefs André Vanini, Evandro Higa, Joana D’Arc Lacerda e Manuel Alves Filho, todos com vasta e diversificada experiência no mercado gastronômico. O objetivo, segundo os cozinheiros, é explorar as várias possibilidades oferecidas pela gastronomia. O Nossa Cozinha vai contemplar dimensões como ensino e aprendizagem, qualificação profissional, responsabilidade social, lazer e, claro, deliciosas experiências sensoriais.

De acordo com André Vanini, as aulas de culinária serão abertas ao público e ministradas semanalmente, durante a noite, no restaurante operado pelo Armazém das Oficinas.

“A cada semana, um chef se encarregará de ensinar o público a preparar um ou dois pratos. Durante a atividade, esse cozinheiro contará com a colaboração de oficineiros da instituição, que aprenderão novas técnicas e processos. Ao final, todos degustarão a preparação.”

Evandro Higa adianta que a ideia é fazer com que os participantes coloquem a mão na massa.

“Não queremos aulas meramente expositivas. Queremos que os alunos interajam durante as atividades. Vamos trabalhar os recursos didáticos e pedagógicos de forma bastante descontraída.”

Os temas das aulas, acrescenta Joana D’Arc, serão bastante variados.

“Como cada um de nós tem uma especialidade, o público pode esperar por muita diversidade. Vamos ensinar a preparação de pratos que vão da culinária brasileira à japonesa, passando pela italiana e francesa.”

O investimento por aula, informa Manu Alves Filho, será de R$ 65,00.

“Trata-se de um valor bastante justo, equivalente ao preço médio de um prato em um bom restaurante. Nesse caso, além da aula propriamente dita e do material didático, os participantes também terão direito ao jantar que ajudarão a preparar. Isso sem mencionar o fato de que estarão contribuindo para as atividades do Cândido Ferreira, instituição que presta relevantes serviços nas áreas de tratamento e inclusão de pessoas com transtornos mentais”, pondera.

Feiras

Além das aulas semanais, que terão início no dia 4 de julho, sob o comando do chef André Vanini, que ensinará a preparação das bases de como uma massa fresca, o Nossa Cozinha também promoverá feiras gastronômicas aos finais de semana, em datas ainda a serem definidas. Os eventos darão ênfase aos produtos naturais e artesanais. “Queremos reunir cozinheiros e produtores que possam oferecer diretamente aos consumidores pratos e alimentos de elevada qualidade, a preços acessíveis. Além disso, também pretendemos que as feiras se transformem em espaços para o encontro de pessoas e que sirvam à troca de ideias e afetividades”, salienta Manu Alves Filho.

Conforme Evandro Higa, a expectativa dos chefs é promover a primeira feira do Nossa Cozinha em agosto. “Queremos aproveitar o inverno e o ambiente natural oferecido pelo distrito de Sousas para organizar algo que proporcione ao público lazer e boa comida”, afirma o cozinheiro, com a concordância de Joana D’Arc.Campinas ganhará a partir do dia 4 de julho um projeto gastronômico diferenciado, que promoverá a união entre quatro destacados chefs de cozinha da cidade e o Armazém das Oficinas, programa do Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira, localizado no distrito de Sousas. A parceria, única no modelo proposto, oferecerá ao público aulas de culinária seguidas de degustação e promoverá feiras gastronômicas com ênfase em produtos naturais e artesanais. Os eventos servirão a três propósitos: divulgar o trabalho desenvolvido pelo Armazém das Oficinas, qualificar os assistidos pelo Cândido Ferreira interessados em trabalhar na cozinha e arrecadar recursos que contribuam para a manutenção das atividades oferecidas pelas oficinas da instituição.

OS CHEFS

André Vanini
Começou a cozinhar profissionalmente em meados de 2008 com um pastifício familiar em Campinas, produzindo massas artesanais. O objetivo sempre foi trazer a todos, os sabores de sua infância, aquele que sua Nonna colocava à mesa aos Domingos, quando todos juntavam-se para abrir e fechar as massas. Formado em Gastronomia pela Universidade São Francisco em Campinas, teve oportunidade de estar à frente de restaurantes como Munay, Hotel Ibis, na rua e em eventos com Food Truck e no Vini Pasta Bar, hoje está comandando o Fare la Pasta, especializada em massas artesanais.

Evandro Higa
É especializado na gastronomia japonesa. Iniciou sua experiência na cozinha logo após ter retornado do Japão, em 2009. Trabalhou numa das primeiras temakerias brasileiras, em São Paulo, onde aprendeu técnicas como preparação de arroz, filetar peixe etc. Depois de um período na capital, voltou para Campinas, onde abriu um bar. Higa também trabalhou com eventos em várias cidades paulistas e operou um food truck, no qual deu ênfase aos pratos sushis e aos pratos quentes da culinária japonesa. Até o início de 2018, comandava um boteco no distrito de Barão Geraldo.

Chef Joana D’Arc Lacerda
Formada em Hotelaria com ênfase em turismo pela escola técnica MARC Apoio (RJ). Atuou como guia de turismo pela Operadora CVC Viagens. Acompanhou turistas pelo Brasil e países da América do Sul e Europa. É formada em Gastronomia pela Universidade São Marcos (SP), Campus Paulínia. Tem pós-graduação em Organização de Eventos pela Faculdade Policamp, de Campinas. Atuou como professora de Gastronomia pelas instituições Unifaj, Max Planck, Policamp, Unipinhal e Ceusnp. É autora de duas publicações sobre Cozinha Brasileira pela revista onine da Unifaj. Ministra cursos livres de gastronomia, presta consultoria na área e é atualmente chef de cozinha do bistrô Genô Gastronomia Regional, de Campinas.

Chef Manu Alves Filho
É jornalista profissional e cozinheiro autodidata, mas com vários cursos livres no currículo. Com mais de 20 anos de atividade como chef, tem dedicado sua carreira à valorização da gastronomia, principalmente a brasileira, como um bem histórico e cultural. É idealizador do maior e mais bem-sucedido evento gastronômico de Campinas e região, o Chefs na Praça, que em quatro edições levou cerca de 60 mil pessoas à Praça Carlos Gomes. É palestrante e autor do livro “50 Memórias, 50 Sabores – A cozinha ancestral de quem ajudou a construir a Unicamp”. Também assina várias colunas em revistas e tem um programa sobre gastronomia na Rádio Unicamp.

Faça sua Doação!